CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AFTOSA



A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente em parceria com a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (ADAGRI), comunica o início da primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, que acontece até o dia 31 de maio.

Os animais são vacinados em duas etapas: na primeira etapa todos os animais, a partir de um dia de idade, no mês de maio. Na segunda etapa, no mês de novembro, somente os animais com idade até 24 meses deverão ser vacinados.

A vacinação é OBRIGATÓRIA para bovinos e bubalinos. Ovinos, caprinos e suínos não devem ser vacinados contra febre aftosa.

A ação é indispensável para a erradicação da doença que compromete a produção agropecuária e tem impactos no comércio de produtos no exterior.
 
A Doença
A febre aftosa é uma doença viral, altamente contagiosa, que afeta animais de casco fendido, como bois, búfalos, cabras, ovelhas e porcos. Outros animais também podem contrair a doença, como veados, elefantes, camelos, lhamas e capivaras. Não são afetados cavalos, asnos, mulas e bardotos.
 
A transmissão
A doença é transmitida principalmente pelo contato entre animais doentes e sadios. Mas o vírus também pode ser transportado pela água, ar, alimentos, pássaros e pessoas (mãos, roupas e calçados) que entraram em contato com os animais doentes.
(cruzamento de cavalo e jumenta).
 
Os sintomas
Os principais sintomas são febre, vesículas e úlceras na boca, patas e nas tetas, perda de apetite, salivação e manqueira. Ocorre também redução da produção leiteira, perda de peso, crescimento retardado e menor eficiência reprodutiva. Pode haver mortes principalmente em animais jovens ou debilitados.
Durante este mês, os pecuaristas podem procurar a secretaria para declararem a vacinação do seu rebanho bovino.

© Prefeitura Municipal de Mucambo Ceará. Todos os direitos reservados.